Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vamos atirar uma bomba ao destino

Não somos de nos contentar com o que o destino reserva para nós. Sonhamos alto e frequentemente caminhamos fora da estrada.

(des)atualidade

tumblr_owjjvc9kWT1sdyvvmo1_540.png

Quando algo se podia tornar uma mais valia, mas sofre um volta enorme e dá lixo.

 

Há homossexuais que se sentem bem como são.

Há pessoas confusas quanto à sua orientação sexual que procuram ajuda profissional. Perfeitamente normal.

Certamente também haverá as que são homossexuais, mas não o aceitam e, quem sabe até, sejam um pouco ''homofóbicas''.

Penso que a lei seria uma mais valia se o objtivo fosse ajudar as pessoas que procuram os psicólogos a ''encontrarem um rumo'', a aceitarem-se. Mas tratar a homossexualidade como se fosse uma doença mental é um ataque aos indivíduos homossexuais e aos seus direitos básicos.

Do outro lado do mundo, a Autrália também vai em breve a votos relativamente ao casamento entre pessoas do mesmo sexo, e as campanhas entre 'sim' e 'não' também andam acessas.

 

Estamos no século XXI, porque é tão mau ser-mos verdadeiros e nós mesmos?

Pessoalmente considero que este tipo de assuntos não devia ser debatido. O facto de eu ser homossexual e querer casar com a mulher que eu amo não afeta ninguém, porque é que tem de ir um país inteiro votar se eu posso fazê-lo ou não? Porque é que o facto de um homem gostar de homens tem de ser visto como uma doença? 

Recebo sempre a mesma resposta: ''Ah, porque isso não é certo!'' Sabes o que não é certo Angélica? Não é certo meteres o nariz na minha vida privada. Não estamos no século XIV e eu não sou a filha do rei de França que precisa de casar com o príncipe certo por causa das relações diplomáticas, por isso eu caso com quem eu quiser. Ou não caso de todo!

Deixem as pessoas viver as suas vidas em paz. Amén.