Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vamos atirar uma bomba ao destino

Não somos de nos contentar com o que o destino reserva para nós. Sonhamos alto e frequentemente caminhamos fora da estrada.

Dia Europeu das Línguas

(Neste 18º aniversário do Google)* fiz uma pesquisa rápida e apercebi-me que, de facto, o Dia Europeu das Línguas foi ontem e não hoje, como a minha primeira pesquisa enunciou... my bad!

 

Nunca como hoje em dia houve tantas oportunidades para trabalhar ou estudar num país europeu – mas a falta de competências linguísticas impede muita gente de tirar partido dessas oportunidades.

 

O que é o Dia Europeu das Línguas?

O Ano Europeu das Línguas (AEL) 2001, organizado conjuntamente pelo Conselho da Europa e pela União Europeia, envolveu com sucesso milhões de pessoas nos 45 países participantes. As atividades desenvolvidas celebraram a diversidade linguística na Europa e promoveram a aprendizagem de línguas.
Na sequência do êxito do AEL-2001, o Conselho da Europa instituiu o Dia Europeu das Línguas, a ser celebrado todos os anos no dia 26 de setembro.

Os objetivos gerais do Dia Europeu das Línguas são:
 > Alertar o público em geral para a importância da aprendizagem das línguas e diversificar a oferta linguística de modo a incrementar o plurilinguismo e a compreensão intercultural;
 > Promover a riqueza da diversidade linguística e cultural da Europa, que deve ser preservada e valorizada;

 > Fomentar a aprendizagem de línguas ao longo da vida, dentro e fora da Escola, seja para fins académicos ou profissionais, seja para fins de mobilidade ou por prazer e intercâmbio.

Em 26 de setembro de 2011 assinalou-se o 10º aniversário do Dia Europeu das Línguas, celebrado no Conselho da Europa e em todos os 47 estados-membros.

 

Porquê um Dia Europeu das Línguas?

A globalização e novas formas de propriedade no mundo dos negócios exigem cada vez mais competências em línguas estrangeiras para trabalhar nos próprios países de origem. O inglês já não chega.
A Europa é um continente rico em línguas: existem mais de 200 línguas e há muitas mais faladas por cidadãos originários de outros continentes. Trata-se de um importante recurso que deve ser reconhecido, utilizado e acarinhado.
A aprendizagem de línguas traz benefícios a todos: aos jovens e aos menos jovens – nunca se é demasiado velho para aprender uma língua e para usufruir das oportunidades que daí advêm. Mesmo que apenas saibamos umas quantas palavras da língua do país que visitamos (por exemplo em férias), isso capacita-nos para fazer novas amizades e contactos.
Aprender as línguas de outros povos contribui para melhor nos compreendermos uns aos outros e ultrapassarmos as diferenças culturais.

OBJETIVOS
As competências de comunicação em outras línguas são uma necessidade e um direito de TODOS – esta é uma das principais mensagens do Dia Europeu das Línguas.
Os objetivos gerais são consciencializar para:
 > a riqueza e a diversidade linguística da Europa, que deve ser preservada e valorizada;
 > a necessidade de diversificar a gama de línguas que as pessoas aprendem (incluindo línguas menos utilizadas), o que potencia o plurilinguismo;
 > a necessidade de as pessoas desenvolverem proficiência em duas línguas ou mais, de modo a poderem participar efetivamente na cidadania democrática da Europa.


… o Comité de Ministros decidiu instituir o Dia Europeu das Línguas a celebrar todos os anos no dia 26 de setembro. O Comité recomendou que o Dia seja organizado de uma forma descentralizada e flexível de acordo com os interesses e recursos dos estados membros, o que lhes possibilitaria definir melhor as suas próprias abordagens, e que o Conselho da Europa proponha um tema em cada ano. O Comité de Ministros convida a União Europeia a juntar-se ao Conselho da Europa nesta iniciativa.

 

Podem consultar o site do Dia Europeu das Línguas aqui

 

*(PARABÉNS!! (obrigado pela ajuda nos trabalhos escolares, pelas respostas a questionários e pelas análises de textos que já tantas vezes me proporcionaste!))

3 comentários

Comentar post