Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vamos atirar uma bomba ao destino

Não somos de nos contentar com o que o destino reserva para nós. Sonhamos alto e frequentemente caminhamos fora da estrada.

Igualdade de géneros - 20 postais vintage e uma curta-metragem

A luta pelos direitos das mulheres começou nos Estados Unidos da América, com as sufragistas, há mais de um século. Em Portugal, conquistaram depois da Revolução de 1974 alguns direitos que há muito lhes fugiam, mas isso não aconteceu sem combates na rua.

A luta das sufragistas foi apenas o princípio de uma luta que teve as mulheres de vários países e culturas como palco. Esta luta intensificou-se nos anos 60 e setenta quando, para além de questões laborais e de direitos, também se discutiram assuntos ligados à contraceção ou ao aborto.

 

Deixo-vos alguns postais vintage (de 1900 a 1914) que eram usados como propaganda contra o sufrágio feminino e as sufragistas. O direito de voto era visto como uma ameaça aos valores da família e ao lugar do homem na sociedade, mostrando-o muitas vezes em casa a tomar conta dos filhos e a limpar a casa. Estes postais pertencem ao arquivo de Catherine H. Palczewski, professora na Universidade de Iowa do Norte, que os tem colecionado ao longo dos últimos 15 anos. Já eu, descobri-os no Portal Raízes.

 

Partilho ainda, uma curta-metragem de animação realizada pelos alunos de Artes (11º e 12º anos) da Escola Secundária Felismina Alcântara, em Mangualde: “O Muro”.

Os alunos centraram-se na temática da igualdade de género, retratando todos os estereótipos a que mulheres e homens estão sujeitos desde a infância até ao fim das suas vidas.

O trabalho contou com o apoio do ICA – Instituto do Cinema e do Audiovisual – e do IPDJ – Instituo Português do Desporto e Juventude.