Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vamos atirar uma bomba ao destino

Não somos de nos contentar com o que o destino reserva para nós. Sonhamos alto e frequentemente caminhamos fora da estrada.

Million Dollar Baby

Sei que vos prometi o desafio, mas os tpc são muitos e não consegui acabar o post, fica para sexta-feira, sem falta!

___________

Sou uma pessoa previsível! Adoro filmes e livros que envolvem lutas, provavelmente por ser uma florsinha que, se não fosse o meu peso, ía com o vento! Sexta-feira da semana passada, e já com sintomas de pré-constipação, tropecei neste, Million Dollar Baby, e ainda estou a tentar recuperar do trauma...

Provavelmente já ouviram falar, Million Dollar Baby - Sonhos Vencidos, vencedor de quatro Oscares (2005): Melhor Filme, Melhor Atriz, Melhor Diretor e Melhor Ator Secundário. O filme conta com Clint Eastwood, que também é o diretor, Hilary Swank e Morgan Freeman e baseia-se em contos de F.X. Tool (Jerry Boyd).

Com um elenco destes, não admira nada que o filme tenha sido um sucesso!

Frankie Dunn (Clint Eastwood) é um treinador de boxe que treinou e geriu as carreiras de vários boxeurs. Mas depois do doloroso afastamento da filha, Frankie começou a revelar uma dificuldade na aproximação dos outros, restando-lhe apenas o amigo Scrap (Morgan Freeman), um ex-boxeur que cuida do ginásio. É então que aparece Maggie Fitzgerald (Hilary Swank). Maggie sabe muito bem o que quer na vida, tem uma enorme determinação e uma maior ainda vontade de vencer. Só precisa que alguém acredite nela e a treine. Frankie tenta afastá-la - por ser mulher, por ser demasiado velha para começar a treinar, por não se querer comprometer. Mas Maggie entrega-se ao treino no ginásio, apenas com o apoio de Scrap, cativando Frankie lentamente, numa relação de inspiração mútua e partilha da dor do passado.

- Público

Se a sínopse vos cativou, então têm MESMO de ver o filme, porque o que acabaram de ler não revela sequer os primeiros 15 minutos!

E queria escrever mais, mas não sei por onde começar, nem sei o que é seguro escrever, então, vejam, VEJAM porque é FANTÁSTICO!

2 comentários

Comentar post