Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vamos atirar uma bomba ao destino

Não somos de nos contentar com o que o destino reserva para nós. Sonhamos alto e frequentemente caminhamos fora da estrada.

Para quê?! // Florbela Espanca

Tudo é vaidade neste mundo vão…

Tudo é tristeza, tudo é pó, é nada!

E mal desponta em nós a madrugada,

Vem logo a noite encher o coração!

 

Até o amor nos mente, esta canção

Que o nosso peito ri à gargalhada,

Flor que é nascida e logo desfolhada,

Pétalas que se pisam pelo chão!…

 

Beijos de amor! Pra quê?! … Tristes vaidades!

Sonhos que logo são realidades,

Que nos deixam a alma como morta!

 

Só neles acredita quem é louca!

Beijos de amor que vão de boca em boca, Como pobres que vão de porta em porta!…

Eu preciso de umas férias nas Caraíbas durante 2 anos!

 

6 comentários

Comentar post