Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vamos atirar uma bomba ao destino

Não somos de nos contentar com o que o destino reserva para nós. Sonhamos alto e frequentemente caminhamos fora da estrada.

Peregrinação ao santuário

Agosto foi-se e com ele tudo levou. Levou os emigrantes, as festas, as ferias, a boa vida levou tudo o que nos é permito durante 31 dias durante um ano de árduo trabalho e assim chega ele o senhor da razão: o mês de setembro.

 

Este mês começou com uma caminhada de duas horas e meia por montes e vales até ao cume da serra para de lá trazer boas energia e eliminar os excessos do mês anterior. 

A peregrinação foi organizada pelo pároco da unidade pastoral da minha localidade, contou com cerca de noventa pessoas dos onze aos oitenta que cantando e rezando conseguiram chegar ao destino são e salvos e com vontade de repetir no próximo ano. Nem o frio gélido estragou o dia e no final só a emoção cabia dentro dos nossos corações.

 

Antes de regressar a casa, já de carro, ainda parei numa barraquinha a comprar regueifa polvilhada com coco, uma delícia!

 

 

 

 

Guardar

7 comentários

Comentar post