Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vamos atirar uma bomba ao destino

Não somos de nos contentar com o que o destino reserva para nós. Sonhamos alto e frequentemente caminhamos fora da estrada.

As autoras

Jéssica (Jé)

19964651_2001811780034440_555877680_n (1).jpg

 

Chamo-me Jéssica e tenho 17 anos, no curso de Línguas e Humanidades.

Em pequena queria ser cabeleireira, mas o mundo das artes sempre foi um pote de mel para mim, infelizmente as circunstâncias da vida alterar-me os planos e acabei por aterrar no mundo das ciências humanas onde não posso dizer que estou mal já que gosto bastante de História.

Sofro de uma grave doença degenerativa frequentemente chamada de preguiça, pelo que os meus tempos livres são passados a ler, a ver filmes ou séries e a comer qualquer coisa que não seja saudável!

Sou apreciadora de boa música, de chocolate, e de cute boys (como não podia deixar de ser!) e tenho um vício louco em livros de ficção-cientifica!

Alinhei nesta loucura arrastada pela ranhosa da minha melhor amiga e porque aprecio um bom desafio, e como não é hábito meter-me em muitos, os que vêm são sempre bem-vindos. Decidi aceitar!

 

 

 

Mariana (Mi) 

 

19904731_320817641696927_302714545_n (1).png

 

O meu nome é Mariana. Frequento o curso de Ciências e Tecnologia.

Sofro de um vício incurável por chocolate o que provavelmente me ajuda a estimular o cérebro para os estudos e a encarar a vida com um sorriso. Por vezes, necessito de relaxar e aproveitar o tempo em algo mais do que umas horas perdidas e é por isso que quero partilhar toda a vasta experiência que os meus 18 anos me oferecem sobre os mais variados assuntos.

Um dos meus maiores sonhos é ser voluntária em África e poder ser a porta-voz de quem não tem voz!

Gosto de aderir a novos projetos e arrasto sempre alguém comigo. Desta fez foi a minha melhor amiga. Como também tem o bichinho pela escrita não foi muito difícil de convencer. Conhecemo-nos há quase 10 anos, seguimos caminhos diferentes, mas sempre perto uma da outra. Olhem só a minha sorte! 

 

 

 

Cada pessoa tem dentro dele um fragmento de boas notícias. A boa notícia é que cada um de nós não sabe o quão extraordinário pode ser! O quanto pode amar! O que pode alcançar! E qual é o nosso potencial!   

Anne Frank

                                                                                               

 

 

  As autoras.